Friday, July 08, 2005

11 Comments:

Anonymous Anonymous said...

Vamos acreditar que é possível mostrar à administração da Fundação Gulbenkian a importância que o Ballet Gulbenkian tem em Portugal e no mundo.
Enquanto há vida, há esperança.

9:37 PM  
Anonymous Anonymous said...

“Os chineses não levam os filhos aos pediatras, nem os vacinam, mesmo sendo obrigatório. Estou mais seguro a fazer uma festa no meu cão do que num xinoca” – Quitéria barbuda in “A Gripe das Galinhas”, Revista “Espírito”, nº 6, 2005.

www.riapa.pt.to

10:13 PM  
Blogger NG said...

Comentei esta perda logo no dia seguinte (http://ai-dia.blogspot.com/2005/07/adeus-bg.html). Sintetisando o que lá está escrito, obrigado a todos por tantos anos e tantos novos horizontes.

NG

11:25 PM  
Blogger diane said...

Confesso que nunca vi um espectaculo vosso, simplesmente porque nunca vi um espectaculo de dança.Pessoalmente, sempre fui mais apreciadora de teatro, cinema, musica.
Mas o fim de qualquer projecto/grupo/etc em Portugal que tenha mérito e trabalhe com notoriedade, seriedade e rigor, é, consequentemente, uma perda de mérito, notoriedade, seriedade e rigor.
Portugal está pobre pela falta de dinheiro.
Começa a ficar na miseria de espirito.

2:25 AM  
Blogger Luiz Antunes said...

Enfim a Dança em Portugal no seu melhor.

O Ballet Gulbenkian foi realmente a maior, das maiores companhias de dança em Portugal. Actualmente com uma direcção ausente e com um programa que foi pouco a pouco afastando os espectadores do seu grande auditório, ainda continuava a ter o maior elenco, com uma equipe de grandes profissionais.

Este acontecimento, realmente vem mostrar que os profissionais da dança em portugal devem estar unidos, independentemente do seu credo a das suas preferências.

Onde estão os estatutos dos bailarinos profissionais? Onde estão os direitos e deveres dos profissionais da Dança?

Isto vem mostrar uma vez mais que é necessário mostrar aos doutos senhores de uma fundação liderada por uma elite cultural vergonhosa, que existe uma união e uma inteligência colectiva nesta classe à tanto considerada como menor...

Lutarei convosco pois se amo a Dança, só posso ter a vontade e a força para pensar que continuarei a ver a GRANDE COMPANHIA PORTUGUESA de novo em cena.

4:19 AM  
Blogger Luiz Antunes said...

Enfim a Dança em Portugal no seu melhor.

O Ballet Gulbenkian foi realmente a maior, das maiores companhias de dança em Portugal. Actualmente com uma direcção ausente e com um programa que foi pouco a pouco afastando os espectadores do seu grande auditório, ainda continuava a ter o maior elenco, com uma equipe de grandes profissionais.

Este acontecimento, realmente vem mostrar que os profissionais da dança em portugal devem estar unidos, independentemente do seu credo a das suas preferências.

Onde estão os estatutos dos bailarinos profissionais? Onde estão os direitos e deveres dos profissionais da Dança?

Isto vem mostrar uma vez mais que é necessário mostrar aos doutos senhores de uma fundação liderada por uma elite cultural vergonhosa, que existe uma união e uma inteligência colectiva nesta classe à tanto considerada como menor...

Lutarei convosco pois se amo a Dança, só posso ter a vontade e a força para pensar que continuarei a ver a GRANDE COMPANHIA PORTUGUESA de novo em cena.

4:19 AM  
Anonymous Anonymous said...

Hi

This is very terrible news but can you tell us - in English if possible please - why the company has been disbanded?

There is am entry that says it is not for financial reasons which seems to make it even more crazy. Can you please tell us more?

In the meantime I am drawing our readers attention to this at:
http://www.ballet.co.uk/dcforum/news/2860.html

I hope whatever caused this apparently daft turn of events gets sorted-out soonest.

Yours fraternally

Bruce Marriott
http://www.ballet.co.uk

12:22 PM  
Anonymous Anonymous said...

Que tristeza!

2:53 PM  
Anonymous Anonymous said...

Sinto uma profunda tristeza pela extinção da companhia de dança que sempre foi por mim considerada como a melhor e mais merecedora de respeito do nosso país. O Ballet Gulbenkian era um orgulho para a nossa cultura e vê-lo desaparecer faz-me pensar que, cada vez mais, Portugal está a tornar-se um país apenas para ignorantes ou pseudo-intelectuais do que estiver mais na moda. É incompreensivel que algo deste genero aconteça sem se ver mexer as águas. Penso que há um pensamento geral de descontentamento que infelizmente não é manifestado de forma evidente. Talvez se fosse feito um ultimo espectaculo teriamos a oportunidade de ver a afluencia de publico e o peso que o Ballet Gulbenkian tem para muitos de nós. De qualquer das maneiras, espero a Gulbenkian mostre de facto em prol de quê encerrou a companhia de dança.

2:56 PM  
Anonymous Anonymous said...

Portugal no seu pior. Como é possível? A melhor companhia de Dança portuguesa não pode acabar assim.

12:38 AM  
Blogger Vítor I. said...

Talvez não seja má ideia mencionar que a imagem originalmente surgiu no blogue Abaixo de Cão (abaixodecao.blogspot.com)

8:46 AM  

Post a Comment

<< Home